“Futebol raiz” era mais democrático em termos de classe, mas excludente para grupos subalternizados

Preço médio dos ingressos mais baratos no Brasil aumentou 300% entre 2003 e 2013, o que afastou as classes mais baixas do estádio. Por outro lado, sabemos que ainda hoje mas mais intensamente no passado os estádios de futebol eram bastante inóspitos para mulheres, pessoas com deficiência e LGBTQIA+.

Pandemia e crise econômica aprofundam desigualdade entre categorias de base do futebol feminino e masculino em BH

Acompanhamos a situação das equipes femininas de base dos 3 grandes times de BH: Atlético, América e Cruzeiro. A falta de visibilidade e investimento intensifica a fragilidade da modalidade, mais suscetível a abalos em cenários de crise do que as categorias de base masculinas.

Projetos sociais promovem exemplo de democracia por meio do esporte

A organização social “De Peito Aberto” desenvolve, entre outros projetos, o “Superação”, voltado para menores acautelados do sistema socioeducativo, e o “Futebol nas Arenas”, voltado especificamente para meninas, as levando para jogar em arenas profissionais como forma de incentivo e defesa do futebol feminino.

De Mandela a Bolsonaro: o que diferencia os diversos usos do esporte por figuras políticas?

Líderes de diversas nações utilizaram o esporte como estratégia política, seja para unir a população ou se promover. O Brasil tem como exemplo Bolsonaro, que já usou camisas de 81 times de futebol durante o mandato. Propomos uma reflexão sobre as razões e efeitos do entrelaçamento entre esporte e política.